Uma conversa sobre ciência em construção

BalãoO PubhD não é uma palestra sobre ciência já em pratos limpos. É uma conversa onde se explica a investigação académica que está a ser feita no momento, ou que é tão recente que deixou ainda perguntas em aberto.

Outro aspecto estimulante é a variedade de temas. Durante estas tertúlias não há fronteiras. Os três investigadores convidados são sempre de áreas diferentes, de entre as ciências exactas, as ciências da vida, as ciências humanas, as engenharias e as artes. Adoramos contaminações!

Queremos ver um historiador a conversar com uma engenheira aeronáutica, ou uma bióloga a falar com um linguista. Acreditamos que isso irá atrair uma assistência diversificada e capaz de estimular conversas fascinantes.

Num PubhD temos mais de uma hora (se incluirmos os intervalos) para colocarmos as nossas dúvidas, fazermos perguntas, ou expormos a nossa opinião. Ao contrário de uma palestra, existe um equilíbrio entre os oradores e a assistência quanto ao controlo que têm sobre o que deve ser falado e discutido.

Poderão ser colocadas perguntas sobre aspectos da sua investigação que o orador convidado pensava não terem interesse para incluir na sua comunicação. Poderá até ser confrontado com perspectivas sobre a sua investigação que lhe venham a abrir futuras oportunidades e continuidades de pesquisa.

Ficaremos muito felizes se os nossos investigadores convidados saírem de um PubhD com novas ideias para aplicações da sua investigação, ou até com contactos para parcerias com investigadores de outras áreas.

O tempo reservado para as perguntas convida a assistência a pensar ativamente no tema trazido pelo orador. Isto permite-lhe assimilar mais facilmente o que ouviu, ao mesmo tempo que é uma oportunidade para contribuir, através de perguntas, perspetivas e opiniões, para a investigação que está a ser discutida.

O PubhD acontece num bar (ou num pub) para que investigadores e não-académicos se sintam ambos em casa a conversar sobre temas que são tanto interessantes como relevantes mesmo para quem não é especialista.

O bar é também o lugar ideal para trazer a investigação académica para fora das universidades e torná-la parte da nossa cultura. No mesmo espaço poder-se-á na véspera ouvir Fado e, no dia seguinte, leitura de poesia.

O PubhD é uma celebração da curiosidade. Peguem nos vossos copos e brindemos!

Anúncios

2 thoughts on “Uma conversa sobre ciência em construção

  1. A iniciativa é fantástica! Lastimo que minha agenda em Lisboa não coincida com nenhum dos PubhD em novembro ou dezembro desse ano. Gostaria muito de receber coloborações para meu projeto de tese em andamento – o jogo Aventura Climática como instrumento facilitador para a tangibilidade das Alterações Climáticas. Espero poder participar em 2016.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.