O 5º PubhD de Lisboa em revista

Chama-se Galvão e é o nome português de um dos cavaleiros da Távola Redonda. Gawain, na obra medieval inglesa “Sir Gawain and the Green Knight”, ganhou vastos terrenos, em número de páginas, na tradução medieval portuguesa sob a inspirada pena do tradutor lusitano.

Estas e outras diferenças levaram Tânia Azevedo, investigadora em estudos ingleses medievais na Universidade do Minho, a partir em demanda da verdade.

Pelo caminho teve entre mãos, em Oxford, os manuscritos do linguista J. R. R. Tolkien (sim, o mesmo dos Anéis), que traduziu o texto do inglês medieval (Middle English) para a língua contemporânea.

É provável que em breve “Sir Gawain and the Green Knight” regresse ao prelo em português. Neste poema poderemos conhecer não apenas os feitos do valoroso guerreiro anglo-saxónico, mas também o quotidiano na época da corte do Rei Artur.


Está envolvida na actuação dos músculos durante o parto, mas também no afecto materno, na empatia e na colaboração social, e poderá até tornar-se no elixir da fidelidade.

Chama-se oxitocina e é a hormona estudada por Daniel Martins, investigador no Instituto de Medicina Molecular, em Lisboa.

Elemento-chave do nosso cérebro social, a oxitocina apresenta-se em menores quantidades em pessoas inibidas, ou com menos aptidões sociais. Mas como a virtude está sempre no meio, também o seu excesso se pode manifestar em comportamentos emocionais muito intensos.

Curiosamente, enquanto reforça a colaboração dentro de um grupo, esta hormona também acentua a competição e a rivalidade entre grupos.


Conceição Courela, no contexto do seu doutoramento na Universidade de Lisboa, aplicou um método de aprendizagem colaborativa a um grupo de adultos no ensino recorrente nocturno.

Os conteúdos curriculares foram abordados através de projectos práticos em equipa, e que envolveram interacção com a comunidade local.

Na sequência da formação escolar, os alunos adquiriram maior proactividade e empenho, essenciais à integração social.


A 9 de Março teremos mais uma conversa, desta vez sobre temas de Biologia, História da Ciência e Química.

Venha ao próximo evento descobrir a qualidade e a variedade da investigação académica nacional, e ter o privilégio de falar pessoalmente com as pessoas que a fazem. Até Março!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.